19.9 C
Santo André
terça-feira, maio 28, 2024
HomePoliticaMetalúrgicos do ABC discutem pontos estratégicos para a nova política industrial brasileira

Metalúrgicos do ABC discutem pontos estratégicos para a nova política industrial brasileira

Após anos de desmonte da indústria nacional, o governo federal lançará a nova política industrial brasileira na próxima segunda-feira, dia 22, em Brasília. Desde que o governo relançou o CNDI (Conselho Nacional de Desenvolvimento Industrial), em julho do ano passado, depois de sete anos desativado, os Metalúrgicos do ABC têm atuado e discutido os pontos do projeto nos seis grupos de trabalho.

“A desindustrialização do país tem efeito direto no empobrecimento da população. Uma política industrial forte é muito importante para o projeto de país que queremos, com desenvolvimento, geração de emprego e renda. Um país do tamanho do Brasil, com o tamanho da população que tem, não se sustenta sem uma indústria pujante”, ressaltou o diretor executivo do Sindicato, Aroaldo Oliveira da Silva, que participou das discussões.

“Destacamos diversos temas para o governo, como a transição justa e o trabalho decente, que deve permear a política industrial para termos empregos de qualidade. Também pautamos o governo sobre a necessidade de um olhar especial para os territórios já maduros industrialmente, como é o caso aqui da região do ABC”, contou.

Também foi apresentada a importância da organização de uma política de reconversão industrial e de políticas para as micro, pequenas e médias empresas. “Temos uma grande lacuna, fala-se muito de digitalização e Indústria 4.0, mas só 25% das empresas são digitalizadas, muitas não chegaram nem na 3ª Revolução Industrial”, alertou.

“Além do salto tecnológico, temos que pensar ainda em novos modelos de formação, qualificação e requalificação dos trabalhadores. Pensar em educação continuada, educação para a vida toda, já que a tecnologia a cada dia está avançando mais”, afirmou.

MAIS LIDOS