20.2 C
Santo André
sábado, maio 25, 2024
HomeNoticiasTesouro Selic, IPCA e Prefixado: conheça as diferenças entre os títulos do...

Tesouro Selic, IPCA e Prefixado: conheça as diferenças entre os títulos do Tesouro Direto

De acordo com Valdir Piran Jr, fundador da Intrabank, o Tesouro Direto é uma plataforma criada pelo governo brasileiro para permitir que pessoas físicas possam investir em títulos públicos de forma simples e acessível. Existem três tipos de títulos disponíveis no Tesouro Direto: Tesouro Selic, Tesouro IPCA e Tesouro Prefixado. Cada um desses títulos possui características diferentes que devem ser avaliadas pelo investidor antes de tomar uma decisão de investimento.

Tesouro Selic

O Tesouro Selic é um título público pós-fixado, ou seja, sua rentabilidade está atrelada à taxa Selic, a taxa básica de juros da economia brasileira. Isso significa que, se a Selic subir, a rentabilidade do título também aumenta, e se a Selic cair, a rentabilidade do título diminui. É considerado um investimento de baixo risco, já que é garantido pelo governo e apresenta pouca volatilidade.

Além disso, Valdir Piran Jr explica que o Tesouro Selic possui liquidez diária, o que significa que o investidor pode resgatar o dinheiro a qualquer momento, sem prejuízo da rentabilidade. Isso faz com que seja uma opção interessante para quem precisa de uma reserva de emergência ou para quem não quer correr riscos.

Tesouro IPCA

O Tesouro IPCA é um título público híbrido, ou seja, sua rentabilidade é composta por uma taxa prefixada mais a variação do IPCA, o índice oficial de inflação no Brasil. Isso significa que, ao investir em um Tesouro IPCA, o investidor sabe exatamente quanto irá receber no vencimento do título, ajustado pela inflação do período.

O Tesouro IPCA é considerado um investimento de médio risco, já que a inflação pode variar bastante ao longo do tempo. Além disso, Valdir Piran Jr considera importante lembrar que o título possui uma data de vencimento, o que significa que o investidor precisa ficar com o dinheiro aplicado por um período determinado.

Tesouro Prefixado

O Tesouro Prefixado, de acordo com Valdir Piran Jr, é um título público prefixado, ou seja, sua rentabilidade é definida no momento da compra. Isso significa que, ao investir em um Tesouro Prefixado, o investidor sabe exatamente quanto irá receber no vencimento do título, independentemente das oscilações da economia.

O Tesouro Prefixado é considerado um investimento de alto risco, já que a rentabilidade do título não é afetada por mudanças na economia. Além disso, o título possui uma data de vencimento, o que significa que o investidor precisa ficar com o dinheiro aplicado por um período determinado.

Como escolher?

Ao escolher um título do Tesouro Direto, Valdir Piran Jr destaca que é importante considerar o seu perfil de investidor e os seus objetivos financeiros. O Tesouro Selic é indicado para quem busca baixo risco e alta liquidez, enquanto o Tesouro IPCA é indicado para quem busca proteção contra a inflação. Já o Tesouro Prefixado é indicado para quem busca uma rentabilidade garantida independentemente das oscilações da economia. Com isso em mente, é possível escolher o título mais adequado para o seu perfil e objetivo.

MAIS LIDOS